São José, Esposo de Nossa Senhora


Ser esposo à imagem de São José significa em primeiro lugar servir a Deus através do serviço esponsal. A palavra esposar significa: Servir de apoio, tomar a seu cuidado, preconizar (elogiar em excesso), defender. O serviço esponsal pressupõe num primeiro momento exclusividade. Como o povo de Israel possuía um só Deus, o amor esponsal exige um amor exclusivo. Só na exclusividade é possível uma justa dedicação de tempo, de afetos, de apoio e de cuidado.

Por isso o esposo exclusivo também tem que avançar para a verdade. Só na verdade é possível ser esposo. A mentira gera uma vida fictícia, uma ilusão, uma fantasia. A verdade de José para com Maria gerou A Verdade Plena que é o próprio Cristo Jesus. A verdade de cada esposo gera vida e crescimento.

A verdade e a exclusividade esponsal são como base, esteio, para que a fecundidade vinda do Espírito Santo seja plena. Como o Espírito Santo fecundou a Maria, o amor humano antecipado por mérito de Jesus Cristo em São José é imagem do próprio Espírito Santo. Por isso o amor esponsal verdadeiro é aberto à vida, pois não quer ser imagem do egoísmo presente no mundo.

O amor esponsal deve ser demonstrado em pequenos, mas constantes e cotidianos, gestos. Se a fé sem obras é morta, o esposo sem viver a doação de si, não vive, não existe. Se o esposo não é capaz de dar a vida, através de pequenas situações no dia a dia, não será capaz de dar a vida pela Igreja, ou por coisa alguma. Se não ama a esposa, não ama a Deus que é Trindade e amor fecundo.

Fernando Emerick

Fundador da Com. Amigos de Jesus

                  ARTIGOS