Jornada Mundial da Juventude e o rosto jovem da Igreja



A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) é um encontro internacional que reúne milhares de jovens do mundo, bispos, sacerdotes e o Papa, para professar sua fé em Jesus Cristo. Instituída pelo Papa João Paulo II em 1985, o evento revela o rosto jovem da Igreja.

A primeira JMJ foi celebrada, de maneira oficial, no ano de 1986, em Roma. A partir de 1987 e depois, a cada dois ou três anos, organiza-se a Jornada Mundial da Juventude em um determinado lugar do mundo. O objetivo da JMJ é viver por alguns dias em comunidade da Igreja, escutar a Palavra de Deus, participar dos Sacramentos de Confissão e Eucarístia e proclamar a alegria de Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador.

São João Paulo II presenteou os jovens com a Cruz e o Ícone da Santa Mãe de Deus Salus Populi Romani. Esses se tornaram símbolos da JMJ, e não estão com os jovens somente durante o encontro, mas, durante todo o ano viajam pelo mundo passando por várias dioceses. A Jornada também possui cinco atos centrais: a abertura, a acolhida do Papa, a via-sacra, a vigília e a Missa de envio, quando o Santo Padre declara encerrado o evento e divulga onde e quando será a seguinte Jornada.

Em 2013, tive a graça de realizar um sonho, participando da Jornada Mundial no Rio de Janeiro. Foi realmente uma experiência fantástica! Estar com milhões de jovens que professam a fé católica encheu meu coração de alegria. Na JMJ ouvi a voz de nosso pastor, o grito de que a igreja é viva, a igreja é jovem. Durante as catequeses, ouvi o chamado Deus para ser díscipula e missionária, e voltei com o coração cheio de coragem para dar meu sim. Graças a Deus, hoje faço parte da Comunidade Amigos de Jesus e posso viver minha vocação.

Acredito que todo jovem católico deve participar pelo menos de uma JMJ. E mais uma oportunidade está se aproximando. Será realizada a XXXI Jornada Mundial da Juventude, nos dias 26 a 31 de julho de 2016, em Cracóvia, na Polonia. O tema é: “Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia” (Mt 5, 7). A JMJ de 2016 será na terra de seu criador, São João Paulo II, aquele que demonstrou uma atenção muito especial aos jovens, e sempre acreditou, que se os jovens fossem o que devem ser, colocariam fogo no mundo.

A escolha de Cracóvia como lugar de celebração dos jovens, junto com o lema desse encontro conduzem-nos à centelha da Misericórdia que, desde que Jesus Misericordioso revelou-se à Santa Faustina, irradia-se para toda a Igreja. Cracóvia é conhecida no mundo como o centro da devoção à Divina Misericórdia e os jovens peregrinos poderão visitar o lugar das revelações de Jesus à Santa Faustina, o Santuário, e o lugar no qual João Paulo II confiou o mundo à Divina Misericórdia.

Se você nunca sonhou em participar de uma JMJ, a Comunidade Amigos de Jesus quer te ajudar a sonhar e realizar esse sonho. Estamos organizando um grupo que sairá no dia 22 de julho e retornará no dia 03 de agosto. Venha para Cracóvia conosco! Esperamos que muitos jovens possam participar desse grande encontro e tenham uma profunda experiência como Igreja. E que São João Paulo II, interceda por nós!

Deisiele Freitas

Comunidade Amigos de Jesus

                  ARTIGOS