Método Billings: Instrumento da Divina Providência

September 21, 2015

        Gostaria de deixar, a você leitor, o meu testemunho pessoal sobre o Método de Ovulação Billings (MOB). Durante os primeiros anos do meu casamento, fui usuária e instrutora do método e tinha como principal objetivo, ser fiel à vontade de Deus no meu matrimônio, sendo abertos à vida.

       Quando ensinava o MOB para outros casais, apresentava a técnica Billings com um breve histórico do casal de australianos que desenvolveu o método, Dr. John e Dra. Evelyn Billings. Eu procurava provar, por meio de artigos científicos, as vantagens e a eficácia deste método natural.

       Foi preparando um desses cursos que, encontrei o verdadeiro sentido do MOB. Tive a oportunidade de ler uma carta intitulada: “Carta à Divina Providência”, escrita pelo próprio Dr. Billings, no final de sua vida. Nessa carta, ele recorda as alegrias, angústias e lutas que passou ao longo da sua vida pessoal e profissional por causa do método. E conta também como a Divina Providência cuidou dos detalhes, permitindo que outros grandes profissionais, como Dr. James Brown e Erik Odeblad, se unissem a ele, contribuindo largamente para a validação científica do método. Dr. Billings relata, também na carta, a respeito do Documento da Igreja, Humanae Vitae (sobre a regulação da natalidade), escrito pelo Papa Paulo VI. Esse Documento surgiu, exatamente, na mesma época em que o MOB estava sendo validado. Esse fato contribuiu largamente para que Dr. Billings entendesse que, a descoberta desse método estava nos Planos de Deus, para que os casais pudessem responder com generosidade ao chamado de Deus para as suas vidas.

A mesma Divina Providência fez-me enxergar, com essa carta do Dr. Billings, que eu não estava diante de um método qualquer, nem mesmo diante de mais um médico que afirmava que esse ou aquele remédio cura tal enfermidade. O Senhor deu-me a graça de perceber, que o Dr. Billings foi um homem que colocou toda a sua vida a serviço de Deus. Percebi que ele não só falou, mas testemunhou com a própria vida. Ele e sua esposa tiveram oito filhos biológicos e um adotivo.

       Gastaram suas vidas ensinando o MOB em todo o mundo, salvaram muitos casamentos com esse método que exige diálogo, cumplicidade e afeto.

       Entendi que, ser um usuário ou instrutor do Método Billings, não significa reduzir à técnica, aplicando as regras para ter o mínimo de filhos possível, como se essa fosse a forma de provar que o método funciona. Podemos dizer que um casal é usuário do método, quando ele livremente se coloca à disposição de Deus, fazendo cumprir em suas vidas o que prometeram no altar quando se casaram: que estavam dispostos a gerar e criar, com alegria, os filhos que a Divina Providência lhes confiasse.

 

Kelly Emerick

Fundadora da Com. Amigos de Jesus

 

 

Please reload

                  ARTIGOS                 

Matrimônio, Fruto da História da Salvação (Parte III)

May 6, 2019

1/4
Please reload

Please reload