Luís e Zélia Martin, Luz para os Povos



Entre os dias 4 a 25 de outubro próximo, acontecerá a XIV Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos para as Famílias. A existência de um segundo Sínodo para as famílias em um curto prazo de tempo (o primeiro ocorreu entre os dias 5 a 19 de outubro de 2014), demonstra a preocupação e a solicitude da Igreja para com a família de hoje.

São grandes os desafios dos tempos modernos em que nossas famílias estão mergulhadas. E grande é o chamado da Igreja em ser Luz para o tempo em que vivemos. Por isso, nosso tempo é assinalado não somente por dois sucessivos sínodos, mas, também pela canonização do primeiro casal da história, Luís Martin e Zélia Guérin no próximo dia 18 de outubro. Diante de uma vida familiar exemplar, eles anunciaram o Evangelho de Cristo, viveram e transmitiram ardentemente sua fé (BENTO XVI, 2008).

Na origem da espiritualidade da santificação da vida ordinária e da “pequena via” de Santa Teresa do Menino Jesus, encontram-se seus pais. Luís e Zélia Martin, viveram e transmitiram aos seus filhos a arte suprema de divinizar a vida comum (STÉPHANE PIAT, 1945). Eles aparecem como um modelo e exemplo a serem seguidos por toda a Igreja.

Ambos nutriram desde a adolescência o desejo de entrar numa comunidade religiosa, mas, não foram aceitos. O encontro entre os dois aconteceu em 1858 na ponte de São Leonardo, em Alençon na França. Após poucos meses de noivado, casaram-se. Conduzem uma vida conjugal no seguimento do Evangelho, ritmada pela missa quotidiana, pela oração pessoal e comunitária, pela confissão frequente e pela participação na vida paroquial (http://www.vatican.va/news_services/liturgy/saints/2008/ns_lit_doc_20081019_martin-guerin_po.html).

Que este santo casal possa ser Luz e Graça para todas as famílias do mundo inteiro e que Luiz e Zélia Martin interceda por toda a Igreja de Cristo!


Fernando Emerick

Fundador da Comunidade Amigos de Jesus

                  ARTIGOS