Pentecostes para Casais 2019

May 27, 2019

       Cinquenta dias após a Páscoa do Senhor, a Igreja celebra a Solenidade de Pentecostes, que este ano será no dia 09 de Junho. Na liturgia, com a celebração de Pentecostes, encerra-se o Tempo Pascal e é retomado o Tempo Comum.

       Pentecostes é uma palavra grega que significa “quinquagésimo”, porque acontecia 50 dias depois da Páscoa. Podemos encontrar outros nomes que a Bíblia dá ao Pentecostes que são: Festa das Semanas – porque que acontecia sete semanas depois da Páscoa (50 dias são sete semanas) – Lev 23,15-16 e Festa da Colheita dos Primeiros Frutos – porque celebrava o início da colheita desse ano – Num 28,26.

       A festa do Pentecostes no Antigo Testamento servia para agradecer a Deus por todo o alimento que Ele providenciava. Ela acontecia no fim da primeira colheita do ano e os judeus se juntavam para oferecer uma porção da colheita a Deus. O Pentecostes era uma grande celebração, em que todos os judeus deviam estar em Jerusalém para celebrá-lo.

       Depois que Jesus morreu e Ressuscitou, os seus discípulos permaneceram em Jerusalém, obedecendo a ordem do mestre. “E eis que sobre vós envio a promessa de meu Pai; ficai, porém, na cidade de Jerusalém, até que do alto sejais revestidos”. (Lc 24,49).

       No dia de Pentecostes, foi a primeira vez que os discípulos receberam o Espírito Santo e pregaram o evangelho com ousadia e intrepidez. Eles se encheram de júbilo, já não existia mais medo em seus corações, eles estavam cheios do Espírito Santo.

       O Pentecostes no Velho Testamento era um símbolo apontando para o Pentecostes do Novo Testamento. Naquele dia, os discípulos fizeram a primeira grande “colheita” do evangelho. A palavra narra que após a pregação de Pedro a conversão foi numerosa: “E com muitas outras palavras isso testificava, e os exortava, dizendo: Salvai-vos desta geração perversa. De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas.” (At 2,40-41). Também nesse dia foi anunciado aos judeus a nova Lei de Deus: a lei da graça e da salvação em Jesus Cristo.

 

       A vinda do Espírito Santo foi uma graça prometida não apenas aos Apóstolos e cristãos dos primeiros séculos, mas, a todo povo de Deus, de todos os tempos. Ele foi destinado a estar para sempre com a Igreja. “Eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre” (Jo14,16).

       O fato é que, com a presença do Espírito Santo no meio de nós, podemos viver como novas criaturas. A vida, então, se torna uma união entre Deus e as pessoas. E essa união acontece através da ação do Espírito Santo.

       É, justamente, porque acreditamos na eficácia do Espírito Santo, que todos os anos, promovemos nessa data de Pentecostes, o encontro da Comunidade Amigos de Jesus, que se chama: Pentecostes para Casais.

       A Comunidade Amigos de Jesus tem sido testemunha ocular daquilo que o Espírito Santo pode fazer no coração do homem e no meio em que ele vive. Por inúmeras vezes, recebemos casais que haviam perdido a esperança em seus relacionamentos, alguns até dispostos a dar apenas mais uma chance aos seus matrimônios. Ao experimentarem o Espírito Santo, encontraram motivos para começarem de novo.

       Casais renovados, matrimônios restaurados, filhos amados e perdoados, isso acontece porque o Espírito Santo é real. Não é uma história da bíblia, nem coisa do passado. O Espírito Santo é uma pessoa (3a pessoa da Santíssima Trindade), e quer habitar nos nossos corações. Ele se derrama nos corações que se abrem, porque Ele é o cumprimento da promessa de Jesus para nós. “Porque a promessa é para vós e vossos filhos, e a todos os que estão longe, todos quantos o Senhor nosso Deus chamar”. (At. 2,39)

       Convido-te, nesse Pentecostes que celebramos liturgicamente na Igreja nesse ano, a se deixar conduzir pela ação do Espírito Santo. Se a sua família e o seu casamento necessitam de algo novo, permita que o Espírito Santo venha conduzir todas as coisas. Deixemos que o Espírito Santo venha realizar em nós a obra necessária, para que sejamos plenamente felizes em nossa vida pessoal e familiar.

Kelly Emerick

Fundadora da Com. Amigos de Jesus

 

 

 

Please reload

                  ARTIGOS                 

Matrimônio, Fruto da História da Salvação (Parte III)

May 6, 2019

1/4
Please reload

Please reload