Uma visita muito especial

October 17, 2019

       No ano passado, a Comunidade Amigos de Jesus recebeu a graça de ter Santa Teresinha em nosso meio, através da doação anônima de uma relíquia de primeiro grau. Este ano, a relíquia começou sua visitação à casa dos membros da Comunidade. A cada semana, a recebíamos na Casa de Missão, após a adoração às quintas-feiras. Com minha família foi diferente. Para minha surpresa, devido a vários feriados, a relíquia foi entregue diretamente em minha casa. Foi uma alegria tamanha vê-la adentrando em meu humilde lar. Corremos para lhe aprontar um lugarzinho especial, afinal, toda visita deve ser bem acolhida, ainda mais uma tão ilustre!

 

       Essa visita não poderia ser mais oportuna! Naqueles dias, estava com meu coração angustiado, pois, estando grávida do quinto filho, havia tido um pequeno sangramento e estava com um pouco de dor. Fui ao hospital e a médica que me atendeu disse não ter visto meu bebê e que deveria aguardar dez dias para confirmar a evolução da gravidez. Meu coração ficou pequenininho! Passar, porém, por tudo isso em tão santa companhia, foi um presente de Deus! Me senti como Isabel que foi visitada por Nossa Senhora. Ele enviou Santa Teresinha para cuidar de mim, me dar forças e, sobretudo, a paz de que eu tanto precisava! Apesar de ter sido um tempo de tribulação passei com muita serenidade e, agora, aguardamos a chegada da Helena, no mês de novembro, para alegrar ainda mais nossa família.

       Nunca havia tido a graça de estar diante de uma relíquia tão importante. Sentir sua presença, tão real, me deixou maravilhada! Não ficávamos diante dela apenas para orar, mas também, conversar, afinal quando recebemos uma visita queremos colocar o “papo” em dia.

       Meu coração transbordava de alegria quando via que até meus filhos menores a acolheram com tanto zelo. Isabely (6 anos) era quem mais estava ansiosa pela visita. Por providência do feriado de Corpus Christi, ficamos com a relíquia por mais uma semana, com isso, ela esteve presente no dia do aniversário da Isabely. Não poderia ter presente melhor que o cuidado de Deus enchendo aquele coraçãozinho de afeto! Já o Rafael (4anos), com toda sua inocência passava horas conversando com a Santa Teresinha com os olhinhos fitos no relicário.

       A última noite que ela ficou em nossa casa foi lindo e triste. Os pequenos choraram muito por ter que levar a relíquia embora. Mesmo sabendo que Santa Teresinha estaria lá no céu olhando sempre por eles. Como toda visita querida, não queremos nos despedir. A Isabely veio me confessar que havia colhido uma lágrima de seu rosto e colocado dentro do relicário. Aonde Santa Teresinha fosse, ela iria junto.

       Tivemos várias formações sobre São Luís e Santa Zélia, pais de Santa Teresinha, e pudemos ver que, os pais são os responsáveis por passar para os filhos, a riqueza que é a devoção aos santos, de colocar no coração deles o desejo da busca pela santidade. Ainda estamos longe de alcançar a perfeição desse casal, mas, ver que estamos no caminho certo já nos traz um alento, afinal educamos nossos filhos para Deus.

       Agora, depois de visitar as casas, a relíquia está exposta na Capela da nossa Casa de Missão. Depois de ter convivido com Santa Teresinha tão intimamente, sempre que chegamos à Comunidade, vamos dar um oi para ela. As crianças não se cansam de dizer o quanto sentem saudades de sua visita. Ela nos ensinou que na simplicidade e inocência de criança se encontra o verdadeiro amor. Santa Teresinha rogai por nossas famílias!

 

Patrícia Magalhães

Consagrada da Comunidade Amigos de Jesus

Please reload

                  ARTIGOS                 

Matrimônio, Fruto da História da Salvação (Parte III)

May 6, 2019

1/4
Please reload

Please reload